Imigração Japonesa e relações com o Brasil

Hoje, 18 de junho, é comemorado o dia da imigração japonesa e pensando nisso a equipe do Asia ON trouxe para vocês um pouco dessa história.

O início

imigração japonesa no Brasil começou em 18 de junho de 1908, com a chegada do primeiro navio japonês, Kasato Maru, no porto de Santos, trazendo 781 japoneses. Não era permitida a vinda de solteiros, somente casados e com filhos. Calcula-se que 190 mil japoneses vieram para o Brasil antes da Segunda Guerra.

Imigração Japonesa

No final do século XIX, com a Revolução Meiji (1868), o Japão se abria para o mundo e mudava sua organização social.

Desta forma, os impostos cobrados aos camponeses aumentaram, obrigando milhares de pessoas a se dirigirem para a cidade. Assim, a população havia crescido e o governo japonês passou a estimular a imigração para a América.

Com o fim do tráfico negreiro, em 1850, o preço de uma pessoa escravizada aumentou e os fazendeiros passaram a contratar mão de obra imigrante europeia para suprir a falta de escravos.

Assim, percebemos que estímulo para trazer imigrantes ao Brasil se deu por conta do preconceito racial. Os donos de cafezais preferiam pagar um estrangeiro branco a um trabalhador negro que já sabia realizar a tarefa.

Posteriormente, em 5 de outubro de 1892, foi aprovada a Lei nº 97 que permitia imigração de japoneses e chineses ao Brasil.

O Japão se interessou por esta abertura e o embaixador Fukashi Sugimura assume seu posto diplomático e examina as condições do país.

As companhias, então, passaram a fazer publicidade nas quais vendiam a imagem de que o pé de café era a “árvore de ouro”, colhê-lo era uma tarefa fácil e o imigrante rapidamente enriqueceria e voltaria rico ao Japão.

 

As influências

Os imigrantes japoneses introduziram novos cultivos como o chá ou bicho da seda no campo brasileiro. Logo aperfeiçoaram a cultura da batata, do tomate e do arroz. Assim, passaram a ser conhecidos como “deuses da agricultura”.

 

Você sabia?

Atualmente, o Brasil é lugar onde mais acolhe os japoneses, perdendo apenas para o Japão. 

Sendo assim, São Paulo, no bairro da liberdade, é uma enorme referência para a cultura japonesa no Brasil .

 

 

 

Fonte: (1)

 

 

Was this helpful?

+ posts

Comentários

Siga-nos

Newsletter

Categorias

Facebook

Twitter

Instagram

Quizzes

Quizzes

Siga-nos

Newsletter

Categorias

Facebook

Twitter