Mongólia – A terra dos nômades

Mongólia

O Território Mongol

A Mongólia é um país da Ásia Oriental e Central. Na Idade Média, liderada por Genghis Khan, foi o centro do poderoso Império Mongol, o maior império, com o seu território se estendendo da península coreana até a Europa. Atualmente faz fronteira com dois países: China, ao sul, e Rússia, ao norte.

A Mongólia é pobre em terras férteis e o clima rigoroso não ajuda no cultivo. O país tem a maior amplitude térmica já registrada, podendo oscilar em até 30º C no mesmo dia. Durante muitos anos, o pastoreio era a principal atividade, o que levou muitos habitantes à imigrarem temporariamente para Taiwan, Coreia do Sul e China, com o intuito de trabalhar.

Na capital se concentra 45% da população do país, entretanto, os nômades estão abandonando seu modo de vida ancestral para se fixar em Ulan Bator, a capital e a maior cidade do país. Há algumas cidades pequenas espalhadas pela Mongólia, mas boa parte da população vive como nômade em yurts, as casas típicas da região.

 

Atualmente, o turismo tem atraído visitantes em busca das paisagens exuberantes, da rica natureza e da espiritualidade renascida após a queda do comunismo.

Assim como outros países da Ásia, o que se vê é uma região cheia de contrastes entre a tradição e a modernidade. Do mesmo modo, a pobreza e a riqueza caminham juntas e criam atmosferas distintas e exuberantes.

O país entrou para a ONU em 1961, porém, mais de 100 nações, incluindo o Brasil e os EUA, só reconheceram sua existência em 1987. Até então, a Mongólia era considerada parte da China, mesmo conseguindo sua independência em 1921.

Cultura

A cultura mongol é rica em tradições e está centrada na vida nômade dos seus habitantes.

A natureza ocupa um lugar central, pois o país tem altas montanhas, estepes e o maior deserto da Ásia, o Deserto de Gobi. Desta maneira, o cavalo e a águia tornaram-se companheiros do ser humano a fim de ajudá-los no deslocamento e na caça.

 

Festivais

As festas mais populares do país são a celebração do Ano-Novo mongol “Tsagaan sar“, nos meses de janeiro e fevereiro. Em julho ocorre a Festa Nacional, “Naadam“, comemorada dias 11, 12 e 13 do mês.

 



 

O Festival da Águia é celebrado durante o mês de outubro, em Olgii, na Mongólia, sendo assim um dos maiores festivais mongóis. Assim, os caçadores de todo o país mostram sua destreza em caçar com este animal e competir para ver quem tem a melhor ave de caça. Também acontecem corridas de cavalos e várias disputas durante o festejo.

Fauna

A Mongólia é um dos poucos territórios onde ainda reside o leopardo-das-neves e, em abril de 2018, o parlamento local declarou as montanhas Tost como reserva natural protegida, com o objetivo de ajudar a preservar esta espécie. Os ursos, cervos, alces, javalis, e zibelinas (um tipo de doninha) também estão entre os animais que vivem nas montanhas. Já nas planícies e em algumas áreas do deserto há cavalos, ovelhas, burros e camelos.

Mongólia

Religião

Mongólia

 

O mundo dos xamãs na Sibéria e Ásia Central, especialmente do povo mongol, buryat e tungus (Evenks) está relacionado com o do povo turco no Alto-Altai, o Altaico, Khakas e Tuva e com a religião Bon do Tibet. Os xamãs praticam uma forma de religião animista (animismo – crença no pensamento mágico – todos os seres humanos, animais e todas as coisas na natureza têm um espírito) com vários significados e com diferentes caracteres.

As regras e as tradições são similares as encontradas entre os povos indígenas na América do Norte, com referências à Mãe Terra e ao Pai Celestial. Assim também como aos espíritos dos animais e da natureza, que expressam respeito pelas forças da natureza, respeito aos idosos e ao povo antepassado.

Mongólia

 

O Idioma Mongol

Na Mongólia se fala o idioma mongol, que tem alguma similaridade com o japonês e o turco. O idioma mongol possui um alfabeto clássico, porém ele foi substituído pelo alfabeto cirílico, que é usado hoje em dia.

Assim, o alfabeto mongol clássico é usado apenas na região da Mongólia Interior, que é parte da China.

 

6 Curiosidades sobre a Mongólia

1- Por influência soviética e mesmo chinesa, o xadrez é um esporte popular no país.

2- Entre os casaquis, uma das etnias que povoam a Mongólia, as mulheres preparam os alimentos, mas somente os homens podem cortar a carne.

3- Colina Tsonjin Boldog é um local famoso por conta da maior estátua de Genghis Khan.

4- Assim como os russos ao norte, os mongóis adoram uma vodca. Mas a “bebida nacional” é o airag: leite de égua fermentado.

5- Bökh é um tipo de luta livre folclórica em que você deve forçar seu rival a tocar o chão com qualquer parte do corpo, exceto o pé.

6- A duração do mandato do primeiro presidente, em 1924, foi de apenas 1 dia.

 

 

A Mongólia é um dos lugares que você gostaria de visitar?

 

 

 

Fontes: (1) (2) (3) | Fotos: Créditos nas imagens | Getty Images

Was this helpful?

+ posts

Comentários

Siga-nos

Newsletter

Categorias

Facebook

Twitter

Instagram

Quizzes

Quizzes

Siga-nos

Newsletter

Categorias

Facebook

Twitter