Copa da Ásia: Jordânia faz história e elimina a Coreia do Sul no primeiro jogo das semifinais

Sem conseguir mostrar um bom futebol, a Coreia do Sul foi derrotada por 2x0 pela Jordânia, que vai disputar sua primeira final

Chegou ao fim o sonho do tricampeonato da Coreia do Sul, que em mais um jogo com desempenho abaixo, foi dominada e derrotada por 2×0 pela sensação da competição, a seleção jordaniana.

Sem nunca ter disputado uma Copa do Mundo, e estando sessenta e quatro posições atrás da Coreia do Sul no raking da FIFA, a Jordânia vai disputar a primeira final de sua história, e agora espera o vencedor de Irã x Catar.

Heung Min Son em disputa de bola durante jogo contra a Jordânia |Foto: Divulgação / X @Qatar2023en

Uma das favoritas, não só no confronto, mas ao título da Copa da Ásia, a Coreia do Sul mais uma vez decepcionou e foi dominada desde os primeiros minutos pela aguerrida seleção da Jordânia, que chegou em velocidade logo aos 3 minutos, com boa finalização de fora da área de Nizan, que passou bem próximo da trave do goleiro Hyeon-woo Jo.

No lance seguinte, os coreanos tentaram responder, mas perderam a bola, que foi tocada para o capitão Ehsan Haddad, que finalizou de longe, a bola passou novamente assustando o goleiro Jo, mas desta vez no lado esquerdo.

O jogo não foi dos mais emocionantes nos minutos seguintes, até que aos 16, Yong Woo Park foi desarmado no meio de campo, e os jordanianos criaram jogada de contra ataque, a bola foi lançada na área, a zaga coreana cortou e no rebote a finalização terminou em boa defesa do goleiro sul-coreano.

Após o lance de perigo da Jordânia, a Coreia do Sul conseguiu chegar em contra ataque, a bola foi lançada para Heung Min Son, que viu o goleiro Yazeed Abulaila adiantado e tocou por cima, para fazer um golaço, que foi anulado por impedimento, já que o sul-coreano foi flagrado adiantado.

Os coreanos começaram a se complicar na partida aos 24 minutos, quando tocavam a bola no meio e ao recuarem, Park escorrega, Yazan “rouba”, arranca em velocidade, corta para esquerda e finaliza cruzado, para ótima defesa de Hyeon-woo Jo

Após mais um bom momento da Jordânia, os coreanos conseguiram armar boa jogada em velocidade, e ao receber dentro da área, Young-woo Seol se choca com o zagueiro Alarab, o árbitro da partida, o emiratense Mohammed Abdulla Hassan, viu um pisão e marcou pênalti, mas o VAR entrou em ação para corrigir a marcação, já que no vídeo, foi flagrado que o coreano que havia pisado no defensor jordaniano.

Aos 31 minutos os tigres asiáticos construíram belíssima jogada de toques de bola, passando pelos pés de seus principais jogadores, Son recebeu dentro da área, de costas, tocou para In-Beom, que cruzou para Kang-in Lee, que tentou uma “bicicleta”, e apesar de não conseguir executar com perfeição, acertou na trave de Abulaila.

Aos 42 minutos os sul-coreanos perderam a bola no ataque, Mousa Al-Taamari arrancou em velocidade, aproveitando o “buraco” na defesa coreana, chegando na área, driblou três coreanos, e finalizou para ótima defesa de Jo, na sobra, Al-Rawabdeh finalizou, a bola desviou em um dos defensores coreanos, e a bola foi para fora.

Jo faz boa defesa e evita gol jordaniano |Foto: Divulgação / X @Qatar2023en

O segundo tempo de jogo começou com mais um erro dos coreanos no meio de campo, a bola foi tocada para Young-Gwon Kim, mas Al-Taamari se antecipou, tomou a bola, arrancou em velocidade, tocou para Yazan Al-Naimat, que tocou na saída de Hyeon-woo Jo, por cobertura, abrindo o placar do jogo, 1×0.

Yazan marcou um golaço encobrindo o goleiro |Foto: Divulgação / Instagram @afcasiancup

Após sofrer o gol, a Coreia tentou correr atrás do placar, e chegou perto do empate poucos minutos depois, após cobrança de escanteio, quando Gue-sung Cho cabeceou por cima da trave.

Os jordanianos conseguiram atacar outra vez após mais um erro coreano, desta vez no lado esquerdo da lateral,  Al-Taamari dominou e lançou para Al-Naimat finalizar forte e obrigar mais uma bela defesa de Jo, que foi o melhor jogador da Coreia na partida.

Apáticos em campo, e com seus melhores jogadores bem marcados, os coreanos não conseguiram construir jogadas ofensivas e a derrota foi selada aos 21 minutos do segundo tempo, quando Nizar Mahmoud Al-Rashdan recuperou mais uma bola, tocou para Al-Taamari que cortou da lateral direita para o meio e finalizou com categoria no canto de Jo, sem chances de defesa, 2×0.

Jordanianos comemoram gol da vitória |Foto: Divulgação / Instagram @afcasiancup

A vitória garantiu a seleção jordaniana, que nunca havia passado das quartas de final do torneio em sua primeira grande final, onde vai enfrentar o vencedor do duelo entre o atual campeão Catar e a tradicional seleção do Irã, que busca quebrar um jejum de 48 anos.

Você já segue a gente nas redes sociais? Siga o @portalasiaon no InstagramTwitterTikTok e Facebook e fique ligado nas nossas atualizações!

Fontes: (1) (2)  |Foto de Capa: Divulgação / X @JordanFA

Veja também!