Conheça 6 curiosidades sobre o Afeganistão

curiosidades afeganistão
Afegã, Sharbat Gula, em foto tirada em 1984 pelo fotográfo Steve McCurry e que foi capa do National Geographic.

O Afeganistão é uma país muçulmano situado na Ásia Central. Com uma população de 38,04 milhões de pessoas, o país lidera o 41° lugar no ranking de maiores países do mundo.

Quando pensamos ou ouvimos falar sobre o Afeganistão, na maioria das vezes, nos lembramos apenas das guerras históricas, do governo islâmico, e da enorme perseguição que existe no país, mas apesar disso, o Afeganistão contém uma enorme diversidade cultural
e gastronômica. Por isso, deixamos algumas curiosidades sobre esse país para você conhecer mais!!

Foto: Ali Mosavi | Unsplash



● Nawroz, o famoso ano novo afegão

O ano novo no Afeganistão é chamado de Nawroz, e é celebrado no dia 21 de março. A festa tem como principal local de comemoração a cidade de Mazar-e-Sharip.

É um hábito cultural local durante a celebração homens fortes levantarem uma bandeira islâmica bem grande para anunciar a chegada do novo ano. Assim, se a bandeira for levantada com facilidade em um movimento “suave”, significa que o próximo ano será bom.

Foto: Steve McCurry

● Poesias às quintas-feiras

No Afeganistão a poesia é algo bem importante na cultura do país e é cultuada nas ruas há muito tempo. Na famosa cidade, Herat, as famílias reservam as noites das quintas-feiras para recitarem importantes poemas e poesias da nação.

Foto: Bamyian, 2003 | Steve McCurry

● Pinturas antes de Cristo

As primeiras pinturas a óleo no mundo foram produzidas no Afeganistão nas cavernas de Bamyian em torno de 650 a. C.

Foto: ABC News



● O filho de Alexandre, o Grande era afegão

O único herdeiro do famoso rei da Macedônia, Alexandre, o Grande, era afegão. De mesmo nome, era filho de Roxana de Báctria uma cidadã afegã. Depois que seu pai faleceu eles foram viver com a avó paterna onde permaneceram até serem assassinados por volta de 310 a.C.

Foto: Nuristan, 1992 | Steve McCurry

● Apenas 5% das mulheres sabem ler e escrever

Em plenos anos 40 e 50, a sociedade afegã tinha uma cultura mais aberta e livre do que nos dias de hoje. As mulheres podiam sair com roupas mais curtas (mini saias) podiam dirigir, estudar, e se formar em algumas profissões. Eram tratadas como damas em total e absoluto respeito. Porém, depois com a entrada do regime Talibã, até os dias de hoje, a vida e direitos das mulheres mudaram completamente de rumo.

curiosidades afeganistão
Foto: KABUL, AFGHANISTAN, 1996 | SEBASTIÃO SALGADO

 

Estima-se que 90% das mulheres afegãs sofrem violência constante e são proibidas de viajar sem um guardião masculino, ou se misturar com homens estranhos em locais públicos, também são obrigadas a manterem o corpo todo (incluindo o rosto) coberto por questões religiosas. As mesmas só recebem um nome anos depois de nascerem e ainda precisam mantê-lo em segredo até a morte.

Várias vezes mulheres tentaram protestar contra seus direitos no Afeganistão, porém, muitas foram assassinadas em público.

curiosidades afeganistão
Foto: School in refugee camp. Afghanistan, 1996. | Sebastião Salgado



● O país possui mais mulheres no ramo do governo, do que no Brasil

Sim, é o que você leu acima. Apesar da grande privatização, o país possui mais mulheres que atuam no ramo do governo, do que no Brasil. Por isso, podemos dizer que a situação em relação aos direitos das mesmas, está mudando, mesmo que lentamente em relação ao resto do mundo.

curiosidades afeganistão
Foto: AFGHAN GIRL WITH GREEN SHAWL, 2002 | STEVE MCCURRY

 

E aí, o que achou dessas curiosidades? Já sabia de alguma?

 

 

 

Fonte: (1)
+ posts

Tenho 14 anos, sou natural do Rio Grande do Sul, aliás, sou apaixonada por cada pedacinho da Ásia!
Amo música, livros, e doramas, principalmente de ação.
Que tal embarcar com a família Ásia On nessa aventura?

Comentários